Tecendo Leituras promove leitura pública de clássicos infantojuvenis - Celeiro Cultural

Breaking

terça-feira, 4 de maio de 2021

Tecendo Leituras promove leitura pública de clássicos infantojuvenis

O projeto Tecendo Leituras apresenta sua programação de maio, que abordará a importância dos clássicos na pós-modernidade. O mês será aberto com a leitura pública “Clássicos Infantojuvenis que Viraram Filme!”, que acontece neste sábado, 08, a partir das 17 horas, pelo Google Meet. O Tecendo Leituras é realizado pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio do ProAc (Programa de Ação Cultural do Estado de SP), executado pelos coletivos Sarau dos Amigos e Celeiro Cultural, com apoio da Prefeitura Municipal de Ilha Solteira, através da Biblioteca Municipal Assis Chateaubriand.


Mediada por Edilva Bandeira, Mestra e doutoranda em Estudos Literários, a leitura pública “Clássicos Infantojuvenis que Viraram Filmes!” trará importantes livros infantis e suas adaptações cinematográficas. A mediadora falará dos clássicos e seus respectivos filmes, e receberá os atores Paulo Jordão e Melissa Nascimento para a leitura de trechos de obras como “O Menino Maluquinho”, “O Garoto no Espelho” e “Meu Pé de Laranja Lima”.


O encontro será online, via Google Meet. Para participar, o interessado deve consultar as instruções de como acessar a reunião, que estarão disponíveis no site Celeiro Cultural (celeirocultural.com.br) e na página do Celeiro no Facebook (facebook.com/celeiroculturalisa), a partir de sexta-feira, dia 07.


A programação do Tecendo Leituras continua no mês de maio, com o bate-papo “Adaptações Literárias no Cinema”, com o cineasta Alexandre Estevanato, no dia 21; o Sarau dos Amigos Online, com show musical de Léo Ramos, no dia 22; e com o Clube de Leitura “Ler É Viver”, no dia 29, que promoverá um encontro virtual no qual cada participante apresentará o seu livro clássico preferido.


Tecendo Leituras – Em parceria com a Biblioteca Municipal Assis Chateaubriand, o projeto Tecendo Leituras visa realizar uma grande programação cultural e artística que tem como objetivo promover o incentivo à leitura. A programação inclui saraus, bate-papos, oficinas e contações de histórias, além das reuniões mensais do Clube de Leitura Ler É Viver. A Biblioteca entra como espaço de referência das ações, mas, por conta da pandemia, a programação acontece de maneira remota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário