"Alma de Mulher (reminiscências)" – Dolores Barbosa - Celeiro Cultural

Breaking

terça-feira, 18 de junho de 2019

"Alma de Mulher (reminiscências)" – Dolores Barbosa


Há algo que me consome
Feito uma lenha ardente
As vezes ela se apaga
Mas sobra fogo em algum canto
E a qualquer soprar de vento
Reacende por encanto

São as reminiscências
Permeando minha mente
Reavivando a memória
Trazendo à tona lembranças
Desde os tempos de criança
As minhas tristes histórias

São histórias bem guardadas
De uma vida já vivida
Com tantas chances perdidas
Num caminhar já distante
E as marcas que deixei
Por lugares que passei
Nem sei se foram importantes

Mas essa lenha incandescente
Não é uma coisa qualquer
É ferida mal cuidada
Que não conseguiu ser curada
Na alma de uma mulher.

Dolores Barbosa
(texto do Sarau dos Amigos de 14/06/2019)

Nenhum comentário:

Postar um comentário