"EGO" - Angelo Dias - Celeiro Cultural

Breaking

quarta-feira, 29 de maio de 2019

"EGO" - Angelo Dias


A minha poesia é minha
Minha própria arte
Meu próprio eu
Ninguém entende
Ninguém escreve
Minha própria escuridão
Atrás de linhas com meus próprios sentimentos
Eu sou meu próprio eu
Meu próprio Deus
Meu próprio Demônio
Um animal
A própria música
A própria sintonia
Sou o inverso do que os outros pensam
Sou contracorrente
Não sou legível
Não sou nada "intendível"
Eu sou apenas uma tela preta
Sou meu próprio pintor
E apenas eu faço a minha arte
Apenas eu me descrevo
Não sou nada de se esperar
Eu sou mais
Eu sou muito mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário