"Um Pouco Mais de Verão" - Alex Veloso - Celeiro Cultural

Breaking

quinta-feira, 25 de abril de 2019

"Um Pouco Mais de Verão" - Alex Veloso


Eu queria um pouco mais de verão 
Um pouco mais de suas chuvas quentes 
Que nutrem a minha alma 
Para vivenciar as paixões mais indecentes 
Regadas a felicidade 

Expondo um sorriso libertino 
Olhares tão intensos 
Capazes de destruir todas variações do destino 

Todo Ser transcende o limite físico 
Quando se entrega a uma paixão 
Aquele medo descontrolado 
Capaz de levar a morte um frágil coração

A vida é sempre frágil
Então porque não se banhar na tempestade? 
Sentir cada batimento extremo pelo corpo 
O medo insano que traz a felicidade 

Deixa a vida se descontrolar 
Se renda a loucura 
Deixe a paixão te guiar 
Deguste dessa felicidade pura

Igual a chuva, uma hora acaba
Por isso aproveite enquanto está a te molhar 
Dance, cante, corra nessa chuva 
Entenda que uma hora a nuvem vai se espalhar 

É, as paixões têm um fim 
Mas sempre volta a chover 
Sempre aparece algo novo para te fazer sorrir 
Você só tem que se permitir viver

Alex Veloso
(texto do Sarau dos Amigos de 22/02/2019)

Nenhum comentário:

Postar um comentário