"Poema Sem Fim" - Alex Veloso - Celeiro Cultural

Breaking

quinta-feira, 25 de abril de 2019

"Poema Sem Fim" - Alex Veloso


Ela vem com esse sorriso fofo 
Clamando pelo meu amor 
Ignorando todas minhas incertezas 
Se entregando sem pudor

Só me resta um sorriso sereno 
Um olhar apaixonado 
Como fui me prender a esse anjo 
Que em ausência me deixa desesperado? 

Ela encanta com sua meiguice 
Dramatiza sua fofura 
Aquelas covinhas enquanto sorri 
Me enche de ternura

Não sei para onde ir 
Se sumo de perto dessa existência 
Que me ludibria de forma tão divina 
Que desperta um amor sem a menor inocência 

Eu só quero passar pela vida 
E ela raptou meu coração 
Eu sei que parte da liberdade 
É simplesmente eu escolher uma boa prisão 

Como eu não sei o que fazer 
Vou deixar o poema sem fim 
Tentando achar o sentido 
Que fez essa deusa se prender a mim

Alex Veloso
(texto do Sarau dos Amigos de 22/02/2019)

Nenhum comentário:

Postar um comentário