"Eu quase nunca entendo..." - Dani Sabino - Celeiro Cultural

Breaking

quinta-feira, 25 de abril de 2019

"Eu quase nunca entendo..." - Dani Sabino


Mas tenho a certeza que aqui é meu lugar.
Já não preciso dizer para o mundo 
O que sobrou de mim,
Todos podem ver pelo vazio das minhas mãos,
Pela minha boca que seca as palavras mortas,
E pelo rosto que carrega heróis invisíveis.
Já passou tanto tempo, 
Tudo ficou pra trás.
Estradas que levavam a algum lugar,
Hoje já não levam mais…
E me assusta tanto 
Não poder gritar ao vento os meus dissabores.
Pior ainda é guardar tudo aqui dentro,
Quando no momento o que mais me convém 
É jogar para o alto as minhas dores.
Não há respostas,
Porque nem mais sinto o sabor das perguntas.
Tudo se foi.
E as forças que eu tinha,
Se foram pelos ralos 
Onde tentei lavar um corpo
preso a sujeira de uma alma podre.

Dani Sabino
(texto do Sarau dos Amigos de 22/03/2019)

Nenhum comentário:

Postar um comentário