"Era só mais uma noite qualquer…" - Dani Sabino - Celeiro Cultural

Breaking

quinta-feira, 25 de abril de 2019

"Era só mais uma noite qualquer…" - Dani Sabino


Aquelas em que você se entrega a tudo que te chama.
A tudo que te engana. E você já nem liga. Só se entrega…
Então chego num bar. As pessoas me olham.
Caras bêbadas. Nojentas. Não sabem nem como foram parar ali e nem porque estão ali.
Pessoas inquietas.
Parecem procurar em volta por suas almas perdidas.
“I wanna be sedated”. Sento no balcão. Uma dose. Dupla.
Qualquer coisa que faça me prender ali.
As horas demoram passar. Mas não vou embora.
Nunca vou.
A noite sempre me engana, E eu sempre caio.
Sempre me entrego. Sempre quero mais…
5 da manhã. As pessoas vão indo embora.
Suas almas ficam ali. Trancafiadas naquele lugar imundo.
Perdidas.
Do outro lado aqueles bêbados “descargas”.
Passam a madrugada toda bebendo,
E quando chegam em casa passam a metade do dia vomitando suas tentativas falidas de esquecer as realidades que vivem.
Pobres almas perdidas… 
Todas as suas esperanças desceram com as descargas.
O dia amanhece. Quero outra dose. 
A visão embaça. O sol arde os olhos.
Aos poucos vou me desligando.
Ouço no fundo uma música. 
“Bob Dylan- Like a Rolling Stone”
“How does it feel?”
Como me sinto? Não sei.
Nem sei se quero saber…
A noite me chamou e eu atendi.
Não quero saber de mais nada.
Se fui enganada,
Confesso que não resisti."

Dani Sabino
(texto do Sarau dos Amigos de 22/03/2019)


Nenhum comentário:

Postar um comentário