Uniarte prepara nova contação de história - Celeiro Cultural

Breaking

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Uniarte prepara nova contação de história


Os alunos do projeto Uniarte, uma ação de artes integradas que envolve jovens de Ilha Solteira, prepara uma nova contação de história para ser apresentada na próxima edição da Manhã Literária. A contação “O Riacho dos Desejos” é composta por elementos da cultura chinesa e deve ser apresentada no dia 8 de junho, na Biblioteca Municipal Assis Chateaubriand. O Uniarte é uma realização do Ministério da Cultura e da Brigueiro Participações e Serviços Teatrais com patrocínio da CTG Brasil, via Lei Rouanet,

Na última quinta-feira, 24, os alunos do Uniarte se reuniram, excepcionalmente, na Biblioteca Municipal Assis Chateaubriand, para a leitura do texto do novo espetáculo, que tem redação final de Paulo Jordão, baseado em típicas lendas chinesas. Na ocasião, o ator e produtor teatral Paulo Jordão coordenou a leitura com os alunos, que apontavam ideias, sugestões e adaptações. Logo após a leitura, os alunos do Uniarte se reuniram em dois grupos para criarem cenas a partir do texto, sob supervisão de Paulo Jordão e da atriz Melissa Nascimento.

O espetáculo agregará, também, elementos musicais e da dança chinesa. O músico Bruno Rodrigo Nogueira, monitor de música do Uniarte, vem trabalhando canções e preparação vocal dos alunos para a apresentação, que incluirá composições inéditas. Já a bailarina Gabriela Arriagada, coreógrafa e monitora de dança do Uniarte, vem elaborando performances corporais a partir de elementos do tai chi chuan, uma arte marcial chinesa, para compor a nova apresentação.

 Sobre o projeto

O projeto Uniarte é uma ação de formação e difusão cultural baseado nas artes integradas, tendo o teatro como mote. A ação conta com 10 alunos bolsistas, que frequentam oficinas multidisciplinares de formação na área de teatro, música e dança, que acontecem às terças e quintas-feiras, das 16h às 19h, no Cine Paiaguás.

 As oficinas multidisciplinares oportunizam ações de difusão na Biblioteca Municipal Assis Chateaubriand, onde o projeto vem realizando edições mensais da Manhã Literária, com contação de histórias. O projeto culminará com a montagem de um espetáculo teatral inspirado em histórias dos folclores chinês e brasileiro. As apresentações públicas e gratuitas ocorrerão no final do ano, em Ilha Solteira e mais sete cidades vizinhas das hidrelétricas operadas pela CTG Brasil em São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás e Santa Catarina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário