"Memórias da Emília", espetáculo da Uniarte, marca retorno da Manhã Literária - Celeiro Cultural

Breaking

sexta-feira, 4 de maio de 2018

"Memórias da Emília", espetáculo da Uniarte, marca retorno da Manhã Literária


O projeto Uniarte, uma ação realizada pelo Ministério da Cultura e a Brigueiro Participações e Serviços Teatrais, com patrocínio, via Lei Rouanet, da CTG Brasil – companhia de origem chinesa que opera a hidrelétrica Ilha Solteira – apresentou nesta sexta-feira, 04, a primeira edição da nova temporada da Manhã Literária. A atração foi a contação de história “Memórias da Emília”, apresentada na Biblioteca Municipal Assis Chateuabriand. Alunos da Emef Paulo Freire compareceram para assistir ao espetáculo.

Com muita música e dança, a contação de história “Memórias de Emília” é uma adaptação livre do livro homônimo de Monteiro Lobato, onde o próprio autor surgiu para contar sua história, mas é interrompido pela bonequinha de pano mais falante do mundo: a Emília. Nesta versão, a Emília apresenta os principais personagens que vivem no Sítio do Pica-Pau Amarelo, que saem de um livro de histórias. A apresentação contou com a participação dos agentes selecionados para o projeto Uniarte e os oficineiros, que fizeram performances misturando dança, teatro e música. No elenco, Bruno Rodrigo Nogueira, Gabriela Arriagada, Melissa Nascimento, Paulo Jordão, Ayla Camillo, Beatriz Aranha, Brian Costa, Jhúlia Vitória Santos, João Arthur Nunes, Laura da Hora, Letícia Attílio, Luana Guimarães, Lucas de Lima, Naely Escabora, Quézia Rodrigues, Rafaela Barreto e Vinicius Botácio.

A primeira Manhã Literária promovida pela Uniarte aconteceu numa importante ocasião: foi o primeiro evento realizado dentro da Biblioteca Municipal Assis Chateaubriand após a reforma do espaço. A Biblioteca  teve o forro trocado, ganhou uma nova pintura e foi readequada junto às normas de acessibilidade. Para a ocasião especial, esteve presente o Prefeito Municipal de Ilha Solteira, Otávio Augusto Giantomassi Gomes, e também o Diretor Municipal de Cultura, Luís Otávio Collus de Paula, que celebraram a parceria entre a Prefeitura Municipal e a Uniarte. 

O projeto Uniarte é uma ação de formação e difusão cultural baseado nas artes integradas, tendo o teatro como mote. A ação conta com 13 alunos, sendo que dez deles são bolsistas, que frequentam oficinas multidisciplinares de formação na área de teatro, música e dança, e que acontecem às terças e quintas-feiras, das 16h às 19h, no Cine Paiaguás. 

AO LONGO DO ANO

As oficinas multidisciplinares oportunizarão ações de difusão da Biblioteca Municipal Assis Chateaubriand, onde o projeto realizará 10 edições da Manhã Literária – uma ação de ocupação artística e cultural em parceria com a Prefeitura Municipal. Crianças que estudam na rede municipal serão contempladas com sessões de contação de histórias.

O projeto culmina com a montagem de um espetáculo teatral inspirado em histórias dos folclores chinês e brasileiro. As apresentações públicas e gratuitas ocorrerão, no final do ano, em Ilha Solteira e mais sete cidades vizinhas das hidrelétricas operadas pela CTG Brasil em São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás e Santa Catarina.










Nenhum comentário:

Postar um comentário