"Correio Para Mulheres" reúne contos de Clarice Lispector - Celeiro Cultural

Breaking

sábado, 12 de maio de 2018

"Correio Para Mulheres" reúne contos de Clarice Lispector



Dois livros em um. Correio para mulheres traz os conselhos e as dicas de Clarice Lispector publicados em diferentes colunas e suplementos femininos da imprensa ao longo dos anos 1950 e 1960 e organizados pela professora Aparecida Maria Nunes, doutora em Literatura Brasileira pela USP, nos volumes Correio feminino (2006) e Só para mulheres (2008). Agora num único livro, os textos, assinados sob pseudônimos, mostram a faceta de jornalista feminina da escritora, entrevendo-se, aqui e ali, pequenas pérolas literárias do estilo clariceano, além de traçar um singular retrato de época, que revela ao leitor os hábitos e as inquietações da mulher brasileira nas décadas de 1950 e 1960.

No livro, mais do que a escritora consagrada, é a “jornalista feminina” que se apresenta ao leitor. A Clarice Lispector que aceita o convite do cronista Rubem Braga e se aventura na elaboração de páginas dedicadas às mulheres no periódico Comício, criado em 1952, protegida sob o pseudônimo de Tereza Quadros. A Clarice que, no início dos anos 1960, dá conselhos de beleza e dicas de como manter uma personalidade cativante para conquistar o homem amado, dessa vez com o pseudônimo de Helen Palmer, nas páginas do Correio da Manhã. Ou ainda a ghost writer da atriz Ilka Soares na coluna “Só para mulheres”, publicada no Diário da Noite. 

Em tom de conversa entre amigas, a autora oferece, nesses textos, conselhos e dicas sobre comportamento e etiqueta, relações sociais e amorosas, cuidados domésticos, harmonia familiar, educação dos filhos e outros temas ligados às preocupações da brasileira de classe média, que começava então a ensaiar os primeiros passos na vida profissional e necessitava aprender a conciliar esta nova realidade aos papéis de mulher, dona de casa e mãe. Tudo, claro, dentro do contexto da época, o que dá à publicação um sabor histórico, quase pitoresco, tamanhas as mudanças ocorridas na sociedade e os avanços das questões relacionadas à mulher no Brasil e no mundo de lá para cá. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário