Circuito Cultural Paulista retorna em março com novas atrações gratuitas - Celeiro Cultural

Breaking

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Circuito Cultural Paulista retorna em março com novas atrações gratuitas

"Razão Social": peça com Gero Camilo será apresentada em Ilha Solteira

A Prefeitura Municipal de Ilha Solteira renovou o convênio com a Secretaria do Estado da Cultura para garantir mais um ano de Circuito Cultural Paulista na cidade. O programa, realizado pela Apaa (Associação Paulista dos Amigos da Arte) e apoio da Prefeitura, trará oito novos espetáculos culturais à cidade durante o ano, das mais diversas modalidades artísticas. Serão apresentações de teatro, dança, música e circo, sempre com entrada gratuita.


Já foi definida a programação de março e abril em Ilha Solteira. No mês de março, a atração será o espetáculo de dança “Breve Compêndio para Pequenas Felicidades e Satisfações Diminutas”, da Mercearia de Ideias. O espetáculo tem como objetivo fazer uma reflexão sobre a felicidade. Mas não aquele tipo de felicidade definida pelo senso comum, relacionada ao amor, à saúde e aos bens materiais. A ideia da apresentação é discutir e pesquisar as pequenas alegrias que cada pessoa descobre individualmente. Será no dia 21 de março, a partir das 20 horas, na Casa da Cultura Rachel Dossi. A classificação é livre.

Já no mês de abril, a atração será o espetáculo teatral “Razão Social”, da Cia. Tertúlia de Acontecimentos. A peça se passa em uma madrugada de abril de 1964, quando tropas militares tomavam as ruas do Rio de Janeiro. Na história, um estudante e um operário encontram abrigo no restaurante Zicartola, administrado por Dona Zica e Cartola, para fugir da polícia. Lá, os dois personagens se juntam aos sambistas icônicos para refletir sobre a trajetória do gênero musical e o engajamento político. O espetáculo tem texto e direção de Gero Camilo e Victor Mendes, e traz no elenco Gero Camilo, Adolfo Moura, Fabiana Cozza e Victor Mendes. “Razão Social” será apresentada em 8 de abril, a partir das 20 horas, na Casa da Cultura Rachel Dossi. A classificação é 14 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário